Papéis e identidade

  • Cursos presenciais 12 horas
  • Formador: Lidia Aratangy
  • Turma: 20VERA2P02
  • Inscrições abertas!
  • Carga Horária: 1h30
  • Calendário: 22/01/2020
  • Cidade: São Paulo
  • Local: Escola da Vila - Morumbi
  • Horário: 16h30 às 18h
  • Valor: Gratuito


EVENTO GRATUITO
- Dia 22 de janeiro - com Lidia Aratangy. 

Ao longo da vida, desempenhamos uma sucessão de diferentes papéis, que nos moldam e nos marcam, e servem de matéria prima para a formação do ego, que se constrói como amálgama das experiências e memórias de cada indivíduo.

Todos os papéis que a vida nos oferece são transformadores, a maternidade/paternidade acima de todos, pela riqueza de experiências que proporcionam. O casamento (entendido como uma relação amorosa com projeto de permanência) também mobiliza uma plêiade de diferentes papéis complementares.

Ao mesmo tempo que se vive um papel, exercita-se, inconscientemente, o aquele que lhe é complementar. Assim, enquanto filho, estamos inconscientemente gerando o pai e mãe que um dia seremos.  O aluno de hoje traz, em seu bojo, o professor de amanhã.

Uma das dificuldades do mundo atual é que, quando chega o momento de desempenhar os papéis complementares, as regras e expectativas são diferentes. Por isso, somos os pais ideais do adolescente que um dia fomos, mas esses pais têm pouco a ver com o que os adolescentes de hoje precisam e esperam de seus pais. Por esse mesmo dilema passam todos os papéis que se moldaram no passado e devem ser desempenhados hoje. O que as avós que somos têm a ver com a neta que um dia fomos? Em que o aluno de ontem se parece com o professor de hoje?

Também nos papéis sociais essa dificuldade se faz sentir. Como se preparar para ser um homem ou uma mulher dos dias atuais a partir dos papéis femininos e masculinos usados como modelos nas gerações passadas? Existem, ainda, papéis masculinos e femininos?

Quantos papÉis diferentes (e novos) desempenham os homens e mulheres hoje? Como cada um deles se reflete em nossa personalidade? Quantas imagens diferentes formam essas personagens que representamos?

Refletir sobre essas questões nos ajuda a mapear o labirinto de imagens que a vida nos impõe e a discriminar, entre tantas, quais de fato fazem parte da nossa identidade.


Lidia Aratangy - Psicóloga pela USP, com especialização em Clínica pela PUCSP, da qual foi professora desde 1967 (agora aposentada). Trabalha desde 1975 como psicoterapeuta de casais e famílias.  
Autora, entre outros, dos livros Doces Venenos, Conversas e Desconversas sobre Drogas; O Anel que tu me Deste;  O Livro dos Avós. Atualmente é  colunista da revista Marie Claire desde 2018,  ministra palestra em escolas, congressos e outros eventos.



Vagas limitadas. Pedimos que se inscreva se realmente houver interesse e disponibilidade. As vagas serão confirmadas quatro dias antes. Se houver desistências, elas serão repassadas para o próximo interessado na fila.


Agenda
Data: 22 de janeiro de 2020
Local: Escola da Vila unidade Morumbi
Horário - 16h30 às 18h
Carga Horária : 1h30*
*serviremos lanche na cantina para os educadores inscritos na palestra. 


É importante que o aluno tenha um computador com condições mínimas para participar das atividades do curso, de modo que não seja prejudicado pelo tipo de acesso à internet. E como haverá o uso de vídeos, é indicado que o aluno possa acessar a web via banda larga ou 3G.

É indispensável a instalação do Adobe Reader ou outro leitor de arquivos PDF, e preferencialmente a utilização do navegador Chrome v.60.x ou versão posterior, que pode ser instalado gratuitamente em seu computador acessando o endereço: http://www.google.com/intl/pt-BR/chrome/browser/.

Escute aqui os Podcasts deste formador:

Centro de Formação da Vila - 2019
Tema desenvolvido por EVERSOFT