Jornada 3

LER PARA ESCREVER OU ESCREVER EM PROPOSTAS DE LEITURA


Coordenação e realização:
Cinthia Kuperman 

Presencial SP: com a colaboração e a participação de formadoras da Escola da Vila.
Dias 18 e 19 de agosto.
Online: com a colaboração da formadora Zélia Cavalcanti.

O ensino da escrita requer do docente um planejamento que considere tanto propostas que permitam aos alunos a aquisição do sistema de escrita como a consideração das formas de dizer e de organizar os textos que são específicas da linguagem que se escreve.  E, nesse sentido, a escola precisa oferecer situações diversas, diferentes entre si, porém complementares, e é imprescindível que o planejamento do professor considere a necessária alternância entre elas. 

Em função dessa necessidade da didática das práticas de linguagem, durante a terceira jornada, Cinthia Kuperman se ocupará de temas relacionados à formação de docentes competentes para oferecer múltiplas oportunidades para que os alunos participem de situações de leitura e escrita, nas quais tenham acesso à diversidade de textos e temas de que a linguagem escrita se ocupa.

Nessa perspectiva abordará, entre outros temas:

 O papel da leitura na produção de textos.
 Sequências didáticas que privilegiam a leitura, mas que visam também à escrita.
 O papel dos modelos e dos textos canônicos nos projetos de práticas de linguagem